mp

MP cumpre mandado de apreensão em Formosa contra fraude na reforma da Câmara de Planaltina

Formosa está entre as cinco cidades que o Ministério Público cumpriu 8 mandados de prisão, sendo 5 temporárias e 3 preventivas, além de 14 mandados de busca e apreensão pela Operação Operação Mãos à Obra, que apura irregularidades na reforma da Câmara Municipal da cidade.

O prefeito de Planaltina de Goiás, Pastor André (PRB) foi preso na manhã desta terça-feira (06). As buscas também aconteceram nas cidades de Planaltina de Goiás, Goiânia e na cidade-satélite do Guará, no Distrito Federal. Em Formosa os alvos são empresários, possivelmente ligados à área da construção civil.

O promotor Rafael Simonetti, responsável pela operação, explica que eram realizadas contratações fraudulentas para a Câmara Municipal de Vereadores, por meio do Pastor André, então presidente, com obras superfaturadas e com desvio de dinheiro público.

Comente!